O que é dor lombar?

Atualizado: Jul 29


A coluna vertebral corresponde a um segmento do corpo bastante complexo, além de ser subdividido em coluna cervical que é a parte mais superior, localizada na região do pescoço; coluna torácica que se localiza na região do tronco; coluna lombar na altura do abdome; sacro que faz parte da pelve, popularmente conhecida como bacia; e por fim, o cóccix que é a parte final da coluna, bem próxima ao ânus. Hoje vamos falar da coluna lombar, parte da coluna vertebral que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), todos nós sentiremos dor nesta região pelo menos uma vez na vida.

Tecnicamente a dor lombar é denominada como lombalgia. Portanto, lombalgia não pode ser reconhecida como diagnóstico médico (clínico ou nosológico). As dores na região lombar são apenas sintomas decorrentes de algum fator local ou à distância.

Muitos indivíduos sentem dores lombares que irradiam para uma ou as duas pernas. Neste caso o termo adotado é lombociatalgia, que significa que a dor segue o trajeto do nervo isquiático também conhecido como ciático. O problema é que estas dores podem seguir diferentes caminhos e não somente o sentido deste. Por exemplo, se a dor for na face anterior da coxa, ela é decorrente do nervo femoral, neste caso, o termo correto é cruralgia, onde algia (álgos palavra grega) significa dor e crural (cruralis palavra em latim) significa coxa.

Ao chegar até aqui, o leitor deve estar se perguntando, então as dores são sempre relacionadas aos nervos? Em parte sim, já que são eles que enviam o sinal (estímulo) de dor para o cérebro (córtex cerebral), porém, mesmo que os nervos (neurônios) sejam necessários para a sensação de dor, os tecidos que estão desencadeando as dores podem ser ligamentos que são responsáveis pela estabilidade articular; músculos que possuem função de gerar movimento e estabilidade (principalmente durante a movimentação); tendões que são especializados em transmitir as forças dos músculos para os ossos; além dos órgãos, que são capazes de gerar dor referida (à distância), dentre eles destacamos os intestinos, os rins, o fígado, os ovários e o útero.

Para quem achou que hérnia de disco e desgaste articular (artrose) são os únicos responsáveis pelas dores, devem ser informados que os exames de imagem com estas alterações, nem sempre devem ser levados em consideração, pois essas  mudanças estruturais do corpo são comuns na população, mas vou deixar este assunto para uma outra matéria informativa.

É muito importante que você não arrisque sua saúde em qualquer pessoa que diz diagnosticar e tratar a coluna vertebral. Um bom profissional irá realizar avaliação criteriosa e entender dentre as inúmeras possibilidades de disfunções, aquela que representa a sua dor, e a partir deste momento, traçar o tratamento adequado.

Nos próximos textos vou explicar melhor como estes diferentes tecidos podem gerar dores, para que você fique mais informado e mantenha sua saúde sempre em dia.


Maurício Maia, PT, DO, MSc












#lombar #lombalgia #lombociatalgia #cruralgia #ciático #isquiático #dor #dorcrônica #coluna #colunavertebral #hérnia #hérniadedisco #protusão #dorirradiada #dornascostas #fisioterapia #fisioterapeuta #osteopatia #osteopata #medicina #médico #ortopedista #consulta #clínica #academia #musculação #Goiânia #Gyn #coach #personal #crossfit #corrida #corridaderua #runn #tennis #tratamento #planodesaúde #unimed #ipasgo #amil #caci #evolutio #espondilólise #espondilolistese #artrose #espondiloartrose #artrosefacetária #uncoartrose #nervo #acupuntura

6 visualizações

© 2020 by evolutio. Todos os direitos reservados.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now